67% dos russos creem que OTAN representa uma ameaça

por Pedro Marin | Revista Opera

0
41
(Foto: Departamento de Defesa dos EUA / Sgt. Jerry Morrison)

67% dos russos veem a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) como uma ameaça, o maior número desde 2008. A conclusão é resultado de uma pesquisa realizada pela empresa norte-americana Gallup, que demonstra também que somente 3% da população russa considera que a organização forneça proteção.

O número é 29% maior do que os de 2012, quando uma pesquisa do mesmo instituto revelou que 38% dos russos consideravam a OTAN uma ameaça.

De acordo com a pesquisa, a população dos países-membro da OTAN no Leste Europeu têm mais confiança na organização do que a daqueles que não são membros.

A pesquisa revela ainda uma queda de confiança na organização por parte da população ucraniana, que em 2014 teve, pela primeira vez, uma posição majoritariamente confiante em relação à OTAN – 36% consideravam-na capaz de prover proteção, contra 20% que a consideravam uma ameaça; hoje, o número é de 35% que a veem como uma ameaça, contra 26% que acreditam em sua capacidade de prover proteção.

A pesquisa revela também um crescimento no número de pessoas que consideram a organização uma ameaça em Belarus (54%) Ucrânia (35%), Cazaquistão (31%), Quirguistão (30%), Moldávia (27%), Armênia (20%) e Tajiquistão (34%).