Venezuela: Oposição anuncia que não participará de Constituinte

por Pedro Marin | Revista Opera

0
99
(Foto: Carlos Díaz)

A Mesa de Unidade Democrática (MUD), aliança de oposição que representa as principais forças contrárias ao governo de Nicolás Maduro, na Venezuela, anunciou neste domingo (7) que não participará da Assembleia Nacional Constituinte recentemente convocada pelo governo.

“A unidade democrática e a maioria dos venezuelanos, mais de 80% que quer mudança, não irão a Miraflores”, disse em coletiva de imprensa o candidato presidencial Henrique Capriles, que, em nome da MUD, convocou os cidadãos a rejeitarem a constituinte, considerada por ele um “processo absolutamente fraudulento”.

A declaração ocorre um dia antes de uma reunião entre o governo e a MUD, que estava marcada para amanhã (8), com o objetivo de debater a Constituinte. A convocação da Constituinte foi feita na última segunda-feira (2), em meio a uma intensificação de protestos contra o governo, e poucos dias após o país anunciar sua saída da Organização dos Estados Americanos (OEA).

A Assembleia Constituinte convocada por Maduro prevê 500 membros; metade deles eleitos pela base da classe operária, comunas, missões e movimentos sociais, e a outra metade eleita em um sistema territorial.