Reino Unido: Chefes de gabinete de Theresa May se demitem por “enorme decepção” eleitoral

por Pedro Marin | Revista Opera*

0
59
(Foto: Chatham House)

Os chefes de gabinete de Theresa May, Nick Timothy e Fiona Hill, bem como dois dos assessores mais próximos da primeira-ministra do Reuno Unido, pediram demissão neste sábado (10) após a “enorme decepção” eleitoral na última quinta-feira.

“Olhando para o futuro, nada mais importa que o bom governo do país. As negociações do ‘Brexit’ estão a ponto de começar e não há tempo a perder se quisermos que o Reino Unido consiga um bom acordo”, disse Timothy, declarando também que a razão para os resultados nas últimas eleições, onde os conservadores somaram 318 deputados – oito a menos do que o necessário para a maioria absoluta – “não foi a falta de apoio a Theresa May”, mas um “aumento inesperado de apoio aos trabalhistas”, que conseguiram 40 cadeiras a mais, somando um total de 262 cadeiras.

Apesar das pressões para que renuncie após os resultados eleitorais, Theresa May disse que não tem intenção de deixar o cargo, e declarou que trabalhará para conseguir um acordo com os unionistas da Irlanda do Norte, afim de conseguir apoio parlamentar.

*Com informações da agência EFE