Ucrânia: Saakashvili é mais uma vez detido e posto em liberdade

por Pedro Marin | Revista Opera

0
86
(Foto: U.S. Marine Corps Photo by Sgt. Tammy K. Hineline/Released)

O ex-presidente georgiano Mikheil Saakashvili foi libertado da prisão nesta segunda-feira (11) sob fiança, após ser preso na última sexta-feira, acusado de tentar derrubar o presidente ucraniano Petro Poroshenko.

“O pedido para aplicar uma medida preventiva em forma de prisão domiciliar para Mikhail Saakashvili fica desestimado”, disse a juíza Larisa Tsokul. No último domingo, milhares de manifestantes marcharam pelas ruas de Kiev pela libertação do político.

Leia também – Ucrânia: Mikheil Saakashvili e o golpe dentro do golpe

Na terça-feira passada Saakashvili havia sido preso em seu apartamento em Kiev, mas uma multidão de seus apoiadores entrou em conflito com a polícia, libertando-o. O político lidera há cerca de oito meses movimentos pelo impeachment de Petro Poroshenko – presidente que o apontou para o cargo de governador do distrito de Odessa em 2015.