Nos esplendores da maré montante neoliberal, o caricato presidente da Argentina, Carlos Menem, era tido por essas bandas como “exemplo de gestão”, espelho para toda a América Latina, Ásia, África, Oceania e até mesmo para a Europa, especialmente para...
Edward Nicolae Luttwak é um auto-proclamado "grande estrategista" norte-americano. Aos 74 anos, o consultor militar, cientista político e historiador - apelidado por uma matéria do The Guardian como o "Maquiavel de Maryland" - oferece serviços de consultoria estratégica a...
Em alguns casos, as vítimas permaneciam nas calçadas, do lado de fora de suas casas, onde foram atingidas pelas balas. A reação global foi o silêncio. Ainda não havia entrado na moda descrever um massacre como genocídio e ameaçar...
No dia 27 do último mês um helicóptero da Agência de Investigação Penal, Criminal e Científica da Polícia venezuelana sobrevoou o céu de Caracas, disparando contra os prédios do Ministério do Interior e Justiça, onde um evento ocorria em...
O Atlântico Sul: Do Pré-Sal às Malvinas O mega processo da Lava Jato, que tem sacudido o Brasil em uma aparente “limpeza” anticorrupção, atacou (não casualmente) os principais expoentes do Partido dos Trabalhadores, em particular os ex-presidentes Lula da Silva...
Nesta semana, teremos eleições na Grã-Bretanha. As primeiras, depois do divórcio com a União Europeia, o brexit. Até algumas semanas atrás, dava-se como barato a vitória dos conservadores da primeira-ministra Thereza May por larga vantagem. Mas, nos últimos dias, as...
Na esquina da Rua Aurora com a Vieira de Carvalho, no Centro de São Paulo, o leitor poderá testemunhar, na parede de um boteco velho, a inscrição "golpe é guerra." Ela foi imortalizada no concreto, à tinta spray, pouco...
*O artigo que segue foi finalizado pouco antes da divulgação das notícias referentes à delação de Joesley Batista. Decido publicá-lo por entender que as considerações que nele fiz mantêm-se intactas frente as novidades de Brasília. A título de atualizá-lo às condições atuais,...
A feitio de prólogo, cito Alexis de Tocqueville, comentando a Revolução de 1848, na França:  “Os líderes de partidos parecem indignos de comandar, uns por falta de caráter ou de verdadeiras luzes, a maioria por falta de qualquer virtude”. Quem discorda...
O tempo em que presenciei a guerra civil no Leste da Ucrânia, em 2015, graças à Revista Opera e seus leitores, sempre implica em uma responsabilidade que me arrasta para as questões daquele país e naturalmente me provoca muitas...

NOS SIGA:

11,277FansLike
493SeguidoresSiga
469SeguidoresSiga
790InscritosInscreva-se