Estados Unidos impõe sanções contra Kim Jong-un e ministérios

por Pedro Marin | Revista Opera

0
173
(Foto: KCNA)

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira (6) a aplicação de mais sanções contra a República Popular Democrática da Coreia (RPDC), também conhecida como Coreia do Norte.

As sanções, que foram impostas por supostos “abusos contra direitos humanos” por parte do governo do país, miram pela primeira vez o líder norte-coreano Kim Jong-un, além de dez outro indivíduos não-identificados, e cinco ministérios e departamentos, e foram requisitadas pelo Congresso norte-americano, após um relatório sobre violações de direitos humanos ter sido apresentado pelo Departamento de Estado.

“O relatório representa o mais compreensível esforço por parte do governo dos EUA para apresentar o nome daqueles responsáveis ou associados aos piores aspectos da repressão por parte do governo norte-coreano, incluindo sérias abusos contra os direitos humanos e censura na RPDC, e nós continuaremos a identificar mais indivíduos e entidades em relatórios futuros”, disse o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby.

O governo norte-coreano até o momento não fez declarações sobre o assunto, mas deve se pronunciar nos próximos dias.