Venezuela defende direito de assumir Presidência do Mercosul

por Pedro Marin | Revista Opera

0
90
(Foto: AVN)

A Chanceler venezuelana Delcy Rodríguez defendeu nesta segunda-feira (11) o direito do país assumir a Presidência rotativa do Mercosul, durante reunião de ministros em Montevidéu, Uruguai.

Ao sair da reunião, a chanceler disse que, após conversa entre o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e do Uruguai, Tabaré Vásquez, se estabeleceu as condições para que haja a transferência da Presidência nos próximos dias.

“Viemos representando a Venezuela para defender a unidade deste bloco regional que é tão importante”, disse Rodríguez, reiterando que a transferência da Presidência do bloco, de seis em seis meses, não está sujeita a nenhuma condição. “Qualquer coisa distinta nos colocaria em violação dos tratados constitutivos do Mercosul”, disse.

A representante venezuelana denunciou também o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga, a quem qualificou de “ex-funcionário do Plano Condor”, e o governo brasileiro, que dirigem a ofensiva contra a Presidência venezuelana no bloco. A chanceler já havia dito anteriormente que os representantes destes países provêm “de governos que de fato deram golpes de estado em Presidentes legítimos.”