Rússia diz que abatimento de helicóptero na Síria foi ato terrorista

por Pedro Marin | Revista Opera

0
139

O Ministério da Defesa da Rússia classificou nesta segunda-feira (1) o abatimento de um helicóptero das forças armadas do país na Síria como um “ato de terrorismo.”

O helicóptero russo sobrevoava uma região controlada pela Frente Al-Nusra na província de Idlib após distribuir suprimentos humanitários na cidade de Alepo quando foi abatido. Todos os cinco tripulantes morreram.

“Aqueles a bordo do helicóptero foram mortos, como ficamos sabendo por meio do relatório do Ministério da Defesa. Eles morreram heroicamente [já que a tripulação] tentou afastar o helicóptero para minimizar o número de vítimas no solo”, disse mais cedoo porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Leia mais: Terrorismo: qual é a lógica por trás dos atentados? – A ideologia do ISIS

O ataque ocorre após os governos da Rússia e Síria anunciarem medidas para evacuar civis das regiões controladas por rebeldes em Alepo, estabelecendo corredores de fuga e provendo comida e assistência médica. A cidade atualmente está cercada pelo Exército Sírio.