Colômbia: FARC-EP participará de eleições em 2018

por Pedro Marin | Revista Opera

0
188
(Foto: Yenny Muñoa/ CubaMINREX)

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo (FARC-EP) participarão do processo eleitoral em 2018, após o acordo final do processo de paz no país.

De acordo com o texto final do acordo, as FARC terão direito a cinco assentos tanto no Congresso como no Senado colombiano nos próximos dois ciclos eleitorais (2018 e 2022). O movimento ainda assim concorrerá as eleições, mas se não alcançar os votos necessários para as cinco vagas, as terão garantidas.

“As FARC sempre foi uma organização política, um partido comunista, mas que sempre trabalhou com a ideia de formar um movimento político amplo baseado em princípios gerais fundamentais que unem uma vasta multidão de colombianos. Até agora não vemos necessidade de mudar essa concepção. Vamos ver como fazer isso dentro da legalidade”, disse recentemente o comandante Gabriel Angel.

A participação política do movimento foi um dos 6 pontos-chave do acordo, que põe fim a 52 anos de guerra no país. Outros pontos incluem a questão do desenvolvimento agrário no país, o fim do conflito, a solução para a questão das drogas e o ressarcimento e direito à verdade às vítimas do conflito.