FARC-EP declara cessar-fogo

por Pedro Marin | Revista Opera

0
184
(Foto: Boris Arenas / Wikipedia Commons)

O líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo (FARC-EP), Rodrigo Londoño (conhecido também como Comandante Timochenko), anunciou neste domingo um cessar-fogo na guerra contra o estado colombiano.

“Ordeno a todos os nossos comandos, nossas unidades, nossos e nossas combatentes, o cessar das hostilidades com o estado colombiano a partir das 24h00 da noite de hoje”, declarou Timochenko em uma coletiva de imprensa em Havana, dizendo que “o objetivo [das FARC] foi sempre nos sentarmos e conversar sobre a paz com justiça social.”

O anúncio é feito após as delegações do movimento guerrilheiro e do governo colombiano terem chegado a um acordo final em relação à paz no país, na última quarta-feira.

O texto final do acordo prevê uma solução para questão do desenvolvimento agrário no país, o fim do conflito, a solução para a questão das drogas e o ressarcimento e direito à verdade às vítimas do conflito, além de participação política oficial do movimento, que concorrerá às eleições em 2018.

Prisões

Apesar do acordo, o exército colombiano prendeu neste domingo, no departamento de Antioquia, dois combatentes das FARC e três camponeses. De acordo com a imprensa local, o governo os acusa de serem membros do Exército de Libertação Nacional (ELN).