Colômbia: ELN reafirma disposição de dialogar com governo

por Pedro Marin | Revista Opera

1
140
(Foto: Julián Ortega Martínez / Wikipedia Commons)

O Exército de Libertação Nacional (ELN) da Colômbia reiterou nesta terça-feira (4) a disposição e vontade de dialogar com o governo colombiano por um acordo de paz.

Por meio do Twitter, a delegação do grupo pelos diálogos de paz reafirmou sua “determinação irrevogável” em buscar um acordo com o governo. “Busquemos que a luta política e pelo poder se faça sem violência. Vamos tirar a violência da luta política”, disse a segunda maior guerrilha da Colômbia.

Leia mais: Negociações pela paz na Colômbia continuam, mas clima de incerteza já afeta economia

O anúncio por parte do ELN ocorre dois dias após a maior parte da população colombiana votar contra os diálogos de paz, no último domingo. “Neste difícil momento para a Colômbia, o ELN reafirma sua decisão irrevogável de passar para a fase pública e cumprir a agenda estipulada em março”, disse o grupo, acrescentando que “os tempos de paz não são ditados pelo governo e nem por insurgências, quem dita é a sociedade colombiana e há um claro apelo pela paz”.

Sobre o plebiscito do último domingo, o ELN lembrou que mais de 62% da população apta a votar não compareceu, o que, de acordo com o grupo, “revela a grave crise da democracia colombiana”.

1 COMENTÁRIO