Síria: Terroristas queimam ônibus que retirariam civis de Idlib

por Pedro Marin | Revista Opera

1
244
(Foto: AlmasdarNews)

Grupos terroristas atacaram ao menos 20 ônibus e queimaram ao menos seis neste domingo (18), enquanto se dirigiam aos vilarejos pró-Assad de Foah e Kefraya, na província de Idlib, controlada por rebeldes.

Os ônibus, que estavam sob a supervisão do Comitê Internacional da Cruz Vermelha e do Comitê Sírio Arábe do Crescente Vermelho, serviriam para evacuar civis que necessitam de atendimento médico, em troca da evacuação de Aleppo. O acordo, firmado entre o governo e algumas milícias rebeldes, foi oposto pelo grupo Jabhat Fatah al-Sham (anteriormente Frente Al-Nusra), e o grupo foi acusado pelo ataque. As milícias do Hezbollah, por sua vez, disseram que os responsáveis pertenciam ao grupo jihadista Fatah al-Sham.

Por conta dos ataques, a evacuação foi adiada. 350 pessoas conseguiram sair de locais controlados por rebeldes, com destino às áreas sob controle do governo sírio. O acordo previa a evacuação de 1200 pessoas de Aleppo, em troca de uma quantidade similar de evacuados nos territórios rebeldes.

1 COMENTÁRIO