Rússia começa a reduzir presença militar na Síria

por Pedro Marin | Revista Opera

0
73
(Foto: PAUL A. VISE / U.S Navy)

O Ministério da Defesa da Rússia declarou nesta sexta-feira (6) que a Marinha do país está retornando o porta-aviões Almirante Kuznetsov e sua frota do Mar Mediterrâneo para a Rússia.

A medida ocorre após o presidente russo Vladimir Putin ter ordenado a uma redução da presença militar da Rússia na Síria no último dia 29, depois da negociação de um acordo de cessar-fogo com o Irã e a Turquia.

“De acordo com a decisão do supremo comandante das Forças Armadas da Rússia, Vladimir Putin, o Ministério da Defesa russo está iniciando a redução das forças armadas a Síria”, disse o Comandante das Forças Armadas, Valery Gerasimov, que declarou também que “o envio das forças navais na luta contra grupos terroristas possibilitou a libertação de Alepo, a capital econômica da Síria, em um período de tempo menor”.

 

 

COMPARTILHAR
AnteriorRoraima: 33 pessoas morrem em presídio
PróximoMinidoc: O que pensam os usuários de crack atendidos pelo programa De Braços Abertos
23 anos, é editor-chefe e fundador da Revista Opera. Foi correspondente na Venezuela pela mesma publicação, e articulista e correspondente internacional no Brasil pelo site Global Independent Analytics. Tem artigos publicados em sites como Truthout, Russia Insider, New Cold War, OffGuardian, Latin America Bureau, Konkret Media e Periferia Prensa. É autor de "Golpe é Guerra - Teses para enterrar 2016".