EUA pode enviar mais tropas à Síria, diz comandante norte-americano

por Pedro Marin | Revista Opera

0
233
(Foto: SSG Bertha A. Flores / defenseimagery.mil)

Mais tropas norte-americanas podem ser necessárias para acelerar a campanha contra o Estado Islâmico na Síria, disse nesta quarta-feira (22) o chefe do Comando Central dos Estados Unidos, General Joseph L. Votel.

De acordo com o general, as forças apoiadas pelos EUA “não têm tanta mobilidade mais, não têm mais tanto poder de fogo, então temos de nos preparar para preencher essas lacunas por eles. Isso poderia poderia significar nós carregando um fardo maior.”

Votel disse, no entanto, que os EUA não consideram a opção de enviar tropas para participar de combates, e que a estratégia desenvolvida durante a administração Obama, de auxiliar as forças locais em combate, seguirá.

As declarações são feitas após Washington ter anunciado que os 450 consultores norte-americanos em Mosul, no Iraque, têm se aproximado do front para manterem contato com os comandantes iraquianos.

Os EUA atualmente mantém cerca de 500 tropas de Operações Especiais na Síria. De acordo com o General Votel, no entanto, se o país enviasse mais tropas “nem todos seriam necessariamente da comunidade de Operações Especiais.”