Navios norte-americanos disparam ao menos 50 mísseis contra base síria

por Pedro Marin | Revista Opera

0
341

Os Estados Unidos dispararam na noite desta quinta-feira (6) ao menos 50 mísseis Tomahawk contra uma base aérea das Forças Armadas da Síria próxima à cidade de Homs, de acordo com a rede CNN. A agência France-Presse reportou 70 mísseis.

O ataque, de acordo com fontes do Pentágono, foi feito por um navio de guerra norte-americano no Mar Mediterrâneo, após o presidente Donald Trump ter dito que “algo deveria acontecer” contra o governo sírio, depois de acusações de as Forças Armadas da Síria usaram armas químicas em um ataque contra civis terem emergido na imprensa ocidental.

Em uma declaração, feita há poucos minutos, Donald Trump disse ter ordenado o ataque “contra a instalação de onde o ataque químico foi feito.” Trump também disse que o ataque é uma medida defensiva de “interesse nacional vital”, convocando as “nações civilizadas” a ajudarem a acabar com o “assassinato e derramamento de sangue na Síria.”

O ataque foi feito sem a autorização do Conselho de Segurança da ONU, e representa uma mudança na política dos EUA contra a Síria, tendo em vista que os norte-americanos até o momento formalmente só realizavam ataques contra terroristas do Estado Islâmico.