Venezuela: 71% diz que oposição não tem plano econômico, diz pesquisa

por Ryan Mallett-Outtrim | Venezuelanalysis

0
170
(Foto: Carlos Díaz)

A maior parte dos venezuelanos acreditam que um futuro governo de direita não será capaz de resolver a crise econômica do país, de acordo com uma nova pesquisa divulgada na última quinta-feira (13).

Conduzida por uma das mais respeitáveis agências de pesquisa independentes da Venezuela, Hinterlaces, a pesquisa demonstra que 71% dos venezuelanos acreditam que a oposição atualmente não tem um plano concreto para resolver os problemas econômicos do país, que incluem uma das maiores inflações do mundo e uma queda na receita do Estado.

A pesquisa também demonstra que mais da metade dos venezuelanos acreditam que a oposição não será capaz de resolver a crise econômica – mesmo que assuma o poder.

Leia também: Venezuela – um guia para entender um novo golpe (parte 1)

“Na última pesquisa, em junho, 56% dos venezuelanos disseram que prefeririam que o presidente Maduro resolvesse os problemas – apesar do descontentamento que existe”, disse o diretor do Hinterlaces, Oscar Schemel.

Apesar do executivo ainda permanecer nas mãos do presidente socialista Nicolas Maduro, a oposição de direita da Venezuela atualmente controla a Assembleia Nacional, após uma vitória nas eleições legislativas de 2015. No entanto, essa vitória pode ter ocorrido mais pelas falhas da administração de Maduro do que por um apoio às políticas da oposição, de acordo com Schemel.

“As pessoas não votam pela oposição: eles votam contra a performance econômica e a administração que eles avaliam negativamente”, disse Schemel. “Eles usam a oposição para puní-lo [Maduro], e para empurrar por soluções”, completou.